Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Odontólogo deve “trabalhar o psicológico” das pessoas, diz professor

Odontólogo deve “trabalhar o psicológico” das pessoas, diz professor

Jornada de Odontologia da Uefs - foto Silvio Tito (4)

O odontólogo deve estar preparado para “trabalhar o psicológico das pessoas (seus pacientes)”. A recomendação é do professor Sérgio Alex, palestrante da 2ª Jornada Interinstitucional de Odontologia de Feira de Santana, comemorativa ao Dia do Cirurgião Dentista. O encontro, ocorrido na quarta-feira, 25, na Universidade Estadual de Feira de Santana, foi bastante prestigiado pela classe.

Segundo o palestrante, que discorreu sobre o tema “Controle de ansiedade e estresse na prática odontológica”, destacou que por vários motivos alguns indivíduos resistem ao tratamento. “Estes profissionais (da odontologia) se destacam pela responsabilidade no exercício da atividade”, avalia.  “Vive-se uma epidemia de estresse”, assinalou o professor para uma atenta plateia. A integração da classe e apresentação de novas experiências também foram aspectos abordados na comemoração pela passagem da data.

Para o coordenador da Divisão de Odontologia da Secretaria de Saúde, Arilson Pereira, o evento, que reúne professores, profissionais da área e estudantes, é uma forma de promover a união e a integração da classe. “E as informações que todos nós vamos levar daqui serão usadas no desempenho das nossas funções”.

Na opinião do coordenador do curso de odontologia da Unef, Jeidsom Marques, este tipo de evento fortalece a categoria e valoriza a profissão. A jornada foi realizada pela Secretaria de Saúde, do Croba (Conselho Regional de Odontologia da Bahia), UEFS, FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciências) e a UNEF (Unidade de Ensino Superior de Feira).

Foto | Silvio Tito

OUTRAS NOTÍCIAS