Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

O Governador do Estado da Bahia Rui Costa já investiu mais de 600 milhões em adutoras para resolver problemas de abastecimento de água em Feira de Santana e região

O Governador do Estado da Bahia Rui Costa já investiu mais de 600 milhões em adutoras para resolver problemas de abastecimento de água em Feira de Santana e região

Nesta segunda feira (9) o governador Rui Costa esteve em Feira de Santana em sua 24ª visita como governador por meio da inauguração de ampliação da rede de esgoto e de um Centro de Reservação de Água, que promete beneficiar cerca de 100 mil habitantes, os equipamentos representam investimentos de R$ 60 milhões.

Segundo o governador de 2009 para cá, cerca de R$ 600 milhões em tratamento de água e esgoto foram investidos em Feira.

O repórter Josse Paulo (Paulão do Caldeirão) que participava da coletiva de impressa questionou ao governador, o motivo de haver tantas reclamações sobre os serviços da Embasa já que existe tanto investimento, e se o erro estaria na administração. Logo em seguida Paulão continuou perguntando sobre o COVID19 novo nome dado ao Coronavírus e como ele pretendia agir com a epidemia sabendo que existe um atrito entre a Secretaria de Saúde do estado da Bahia e Feira de Santana uma vez que o comunicado foi feito pelo twitter do secretário.

Rui Costa começou falando sobre o Coronavírus pedindo cautela ao noticiar, e maior divulgação em casos do H1N1. “Peço de uma forma bastante carinhosa para não politizar uma questão tão delicada quanto essa, já que se trata de um caso que envolve a saúde, e não existe nenhum impasse entre o Governo do Estado e Feira na aérea da saúde houve contato permanente, no momento em que o secretário anunciou no twitter tinha uma médica na casa da paciente, graças a Deus apenas 2 casos foram confirmados na Bahia, estamos ampliando todos os cuidados. Mas eu reforço aqui o meu alerta com o H1N1 esse vírus que tem alto risco de mortalidade acaba sendo dez vezes pior que o COVID19, para se ter uma ideia maioria dos casos suspeitos de Coronavírus era na verdade o H1N1, então até peço para vocês da imprensa que compartilhem as nossas campanhas, porque temos vacinas disponíveis nos postos de saúde”, concluiu.

Sobre a Embasa o governador preferiu passar a bola para o presidente da empresa Rogério Costa Cedraz que disse: “Temos noção que algumas vezes o nosso sistema acaba falhando principalmente na época do verão e da primavera, em que o uso da água acaba sendo maior, observamos que está na hora de ampliar o sistema, estamos fazendo um planejamento amplo para Feira de Santana e entorno e esse investimento vai justamente fazer com que nossos planos funcione estamos fazendo essas obras de ampliação que vai continuar”. Afirmou.

A inauguração do Centro de Reservação Feira Leste beneficia quase 70 mil moradores dos bairros Jaíba, Industrial BR-324, Parque Lagoa Salgada, Parque Lagoa Subaé, Santa Mônica 1 e 2, Santo Antônio dos Prazeres, Parque Getúlio Vargas, Caseb e Conceição 2.

A ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Feira de Santana da Bacia do Subaé beneficia aproximadamente 34 mil habitantes dos bairros Aviário, Panorama, Sítio Matias, Feira VII, Luciano Barreto, Francisco Pinto, 35º Batalhão de Infantaria, Fraternidade e Tomba.

Também em Feira, está sendo realizada a ampliação do Centro de Reservação de Feira – Tomba, que vai beneficiar, até 2030, 401 mil habitantes nos bairros do Limoeiro, Tomba, Mochila, Viveiros, Panorama, Aviário, Feira Nove, Feira X, Jardim Acácia, Chácara São Cosme, Ponto Central, Serraria Brasil, Jomafa e Vila Olímpia até 2030.

Redação: Eduarda Venezuella

OUTRAS NOTÍCIAS