Número de desempregados no mundo supera 200 milhões de pessoas

545dqom9lp_fvbpjcqld_file

545dqom9lp_fvbpjcqld_file

O número de desempregados em nível global aumentou 5 milhões em 2013 e chegou a quase 202 milhões de pessoas, segundo relatório Tendências Mundiais de Emprego 2014 da OIT (Organização Internacional do Trabalho) divulgado nesta segunda-feira (20/01).

As expectativas em relação ao futuro também não são animadoras. Segundo o estudo, o número de desempregados irá atingir 215 milhões em 2018. Durante este período (2014-2018), serão criados 40 milhões novos postos por ano. Porém o número de pessoas que devem ingressar no mercado de trabalho é de 42,6 milhões anualmente, ou seja, terão mais profissionais do que vagas nesse período.

De acordo com o órgão, a fraca recuperação da economia mundial não foi capaz de conduzir uma melhoria no mercado de trabalho. O Sul da Ásia, que compreende países como Índia, Paquistão e Sri Lanka, é onde está a maior parte dos desempregados, 387,8 milhões. Todos apresentam baixíssima renda per capita, com altos níveis de pobreza e subnutrição.

O número é três vezes maior ao encontrado na Europa Oriental (111,6 milhões) formada por países como Grécia, Finlândia, Croácia e Bulgária. Em compensação, o número de desempregados na América Latina não chega a 50 mil.

OUTRAS NOTÍCIAS