No Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, Detran-BA anuncia equipamentos que colaboram para retirada da habilitação PcD

Novos-Simuladores_Detran_Foto-ItailuanDosAnjos-2

O Departamento passa a trabalhar com simuladores de direção veicular em parceria com a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego

Garantir um trânsito mais seguro para todos. O processo de inclusão do Detran-BA (Departamento Estadual de Trânsito) passa agora a contar com novas importantes ferramentas. Dois simuladores foram adquiridos pelo departamento, através de parceria celebrada com a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet). A iniciativa aperfeiçoa procedimentos para a avaliação do candidato a concessão ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), para pessoas com deficiência. 

Os médicos do tráfego – da Junta Médica Especial do Detran – terão à disposição dois simuladores para uso complementar à avaliação pericial no processo de realização da prova prática de direção veicular por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida: um simulador padrão e outro adaptado para PCD completa a análise da capacidade física do candidato para controlar os comandos de dirigibilidade, adaptados ou não, de um veículo automotor.

Segundo o diretor-geral do departamento, Rodrigo Pimentel, “O nosso objetivo é um trânsito mais seguro para todos, com a redução dos dados de sinistros e preservação de vidas. Esses equipamentos darão todo o apoio aos nossos médicos, possibilitando diagnósticos mais precisos, e, principalmente, ao cidadão PCD que quer tirar e renovar a habilitação,” pontuou.


  
Direção mais segura
“É uma preocupação do Governo da Bahia que trabalha para qualificar os serviços e ampliar a inclusão. No Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, podemos celebrar que a fila de espera para retirada do documento pelos cidadãos desse segmento no Detran-Ba está zerada, temos mais 10 médicos peritos e mais tecnologia à disposição”. 

Já para, Antônio Meira, presidente da Abramet “O uso de simuladores ampliará os recursos para avaliação do candidato disponível ao médico do tráfego, contribuindo para a tomada de decisões melhores, sempre com o objetivo de prevenir sinistros e preservar a vida no trânsito”. 

O Detran e a Abramet uniram esforços para tornar ainda mais segura e assertiva a habilitação do PCD, e demais pessoas com mobilidade reduzida, assim como garantir a esse condutor a segurança necessária para transitar pelas vias do estado.

FOTO: Itailuan dos Anjos / ASCOM Detran-BA

OUTRAS NOTÍCIAS