Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Nego do Borel deve depor por ameaça e extorsão a empresa

Nego do Borel deve depor por ameaça e extorsão a empresa

Nego do Borel  será convocado a prestar depoimento sobre um caso ocorrido em Minas Gerais, na 42ª DP, em Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro. Desta vez, o depoimento é em base de uma denúncia de uma empresa mineira por ameaça e extorsão. 

Segundo o Metrópoles, o pedido para o artista ser ouvido no Rio partiu do delegado Clayton Ricardo da Silva, da 2ª DP de Contagem, em Minas Gerais. Segundo o documento, o sócio de uma companhia de eventos, que registrou a queixa, diz que o cantor teria descumpriu um acordo com a firma. Antes de entrar em uma live da marca, a equipe do funkeiro pediu R$ 30 mil. 

Sem pagamento, a equipe do artista ameaçou a companhia nas redes sociais e de entrar em contato com patrocinadores. A empresa também lembrou do envolvimento de Nego do Borel em escândalos. Procurada pela equipe do Metrópoles, a defesa de Nego do Borel não está ciente do assunto. 

Nesta terça-feira (6), o artista mobilizou a polícia carioca por um registro de desaparecimento feito pela mãe dele , Roseli Viana. O rapaz foi encontrado por agentes em um motel, na Vila Isabel, zona norte do Rio. O artista também é investigado por suspeita de estupro de vulnerável à modelo  Dayane Mello, em ‘A Fazenda 13’, da Record. Ele foi expulso do reality. 

 
 

OUTRAS NOTÍCIAS