Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Não vamos negociar cargos, diz Neto sobre manutenção de Tereza Cristina no Ministério da Agricultura

Não vamos negociar cargos, diz Neto sobre manutenção de Tereza Cristina no Ministério da Agricultura

A permanência da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, deputada federal licenciada do Democratas, já está colocada em xeque, após a saída do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, também do DEM,  e da relação estremecida entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM). O assunto foi comentado pelo prefeito de Salvador e presidente da legenda, ACM Neto, na noite deste domingo (26).

“Quero deixar claro que todas as escolhas e indicação foram feitas pelo presidente da República. Então ele tem absoluta liberdade para indicar ou exonerar os seus ministros a hora que ele quiser. Ele não consultou o Democratas na hora que escolheu Mandetta, Tereza Cristina e Onyx. Venho conversando com a ministra e ela está absolutamente focada no problema da agricultura. Nós temos na agricultura um pilar importante na retomada econômica do país”, disse durante entrevista ao programa Globonews Debate. Neto ainda reforçou: em nenhum momento participamos de negociação de cargos e não faremos até o final do governo.

Apesar disso, Neto reforçou a importância de manter a ministra no cargo. “A manutenção da ministra é importante para o Brasil. Quem ganha é o país e não o Democratas”.

Na sexta-feira, durante pronunciamento de Bolsonaro sobre a demissão do ex-ministro Sérgio Moro, Tereza Cristina esteve na coletiva, mas visivelmente, desconfortável.

OUTRAS NOTÍCIAS