Músico é agredido e morto a tiros em praça na Grande SP

foto-capa-1iemp4204c10x

O músico Leandro da Silva Lauro, de 36 anos, foi morto a tiros na manhã de sábado, 22, por volta das 10h, em uma praça em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. O artista era conhecido como Leandro Smile, e tocava no grupo de pagode Tô na Boa.  Segundo a Polícia Militar, a vítima estava urinando em um muro quando foi abordada pelo autor, que contestou o fato dela estar realizando suas necessidades no local.

Um grupo estava na praça, na rua Enaura Maria da Conceição, no Jardim São Salvador, quando Lauro foi até um muro para urinar. Algum tempo depois, o suspeito desceu de um carro e foi em direção à vítima, agredindo o rapaz com um chute nas costas. Uma briga começou, e o homem sacou uma arma.

Lauro foi atingido por um tiro na nuca, e depois, o homem entrou no carro e fugiu. O músico foi socorrido ao Pronto Socorro Antena, mas não resistiu aos ferimentos. O atirador foi identificado e está sendo procurado pela polícia. O caso foi registrado como homicídio pelo 1º Distrito Policial de Taboão da Serra, que requisitou perícia.

Nas redes sociais, o grupo Tô na Boa informou aos fãs sobre o falecimento de Leandro Smile e anunciou a interrupção das atividades da banda por tempo indeterminado. “Um pedaço de nós foi perdido. Agradecemos todos nossos seguidores e amigos pelas palavras de conforto”, diz a mensagem.

O velório acontece neste domingo, 23, no Cemitério Municipal do Rosário, em Embu das Artes (SP).

Fonte: Terra

OUTRAS NOTÍCIAS