Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Música de Israel e Rodolffo é acusada de apologia ao estupro; confira

Música de Israel e Rodolffo é acusada de apologia ao estupro; confira

O novo single da dupla sertaneja Israel e Rodolffo, ‘Dar uma namorada’ virou assunto nas redes socias após a psicanlista Manuela Xavier publicar um vídeo onde diz que a música faz apologia ao estupro.

No vídeo, Manuela diz, em tom de repúdio: ”Essa música escrita hoje, em 2021, com uma mentalidade de 1920 diz que se a mulher for estuprada, a culpa é dela. Porque ela atiçou, ela provocou…”. Ela ainda complementa dizendo que a música lançada é uma apologia clara ao estrupo.

Na publicação, a feminista pede que a Som Livre, responsável pela distribuição do hit, tome uma atitude e ainda escreveu: ”Vejam bem, eu, uma mulher, não posso fazer uma denúncia sobre a cultura do $stu_pr* que faz uma de nós vítima a cada 8 minutos; mas Israel e Rodolffo, dois homens brancos, podem cantar que “me atiçou vai ter que dar uma namorada”.

Ela ainda lembra o caso de Nego do Borel, que meses atrás foi expulso do reality ‘Fazenda’ após ser acusado de estupro.

Já Rodolffo, comentou no vídeo: “Eu acho que você está exagerando nas observações, pois a gente faz música para homem e para mulher. Uma mulher pode cantar para um homem essa letra, ela é unissex”.  A dupla postou no Instagram uma publicação comemorando o sucesso da canção.

Até o momento desta publicação, a música da dupla soma quase cinco milhões de visualizações. O vídeo de Manuela já foi reproduzido mais de 250 mil vezes.

Informações; Rodrigo Informa

OUTRAS NOTÍCIAS