Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Mulher que matou filha afogada em pia diz que “foi a mando de Deus”; Ela acredita que “vai sair livre”

Mulher que matou filha afogada em pia diz que “foi a mando de Deus”; Ela acredita que “vai sair livre”

Sthefane Conceição Teixeira, 26 anos, presa em flagrante após a morte da filha Raquel Teixeira, de 2 anos, no bairro Pampalona, em Feira de Santana, conversou com a reportagem do site Central de Policia, e confessou ter matado a criança por afogamento.

Ela conta que estava em um bar quando ‘uma voz teria determinado que fosse para casa, pegasse a criança e a afogasse na pia’.

A acusada diz que não se arrependeu no momento em que tirava a vida da própria filha e revelou que é usuária de maconha, cocaína e crack.Utilizando frases desconexas, ela acredita que ‘vai sair livre’.

Com informações dos sites @bocanews_oficial e Central de Policia

OUTRAS NOTÍCIAS