Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Mulher acusada de agredir babá no Imbuí é ouvida por policiais e deixa prédio sob escolta; veja vídeo

Mulher acusada de agredir babá no Imbuí é ouvida por policiais e deixa prédio sob escolta; veja vídeo

Melina Esteves França, acusada de agredir e manter em cárcere privado a babá Raiana Ribeiro, de 25 anos, no bairro do Imbuí, foi ouvida por policiais civis na tarde desta sexta-feira (3).

A oitiva aos policiais acontece após a divulgação do vídeo gravado por uma câmera de segurança do apartamento de Melina em que mostra o momento em que a suspeita dá diversos chutes, murros e puxões de cabelo na vítima. Depois de falar por quase três horas, Melina deixou o condomínio onde mora sob escolta.

Em nota, a Polícia Civil informou que a equipe da 9ª Delegacia da Boca do Rio cumpriu um mandado de busca e apreensão no apartamento da patroa. “Além das buscas por dispositivos eletrônicos e outros elementos que possam colaborar para a elucidação do caso, a investigada compareceu a delegacia para prestar um novo depoimento. Os desdobramentos compõem o conjunto de ações realizadas para a finalização do inquérito policial”.

O caso ganhou repercussão no último dia 25, quando a jovem se jogou do terceiro andar de um prédio no bairro do Imbuí, em Salvador, para escapar das agressões da patroa.

Após as agressões, a vítima chegou a pedir socorro aos seus familiares por meio de um aplicativo de mensagem, mas teve seu celular confiscado pela patroa. Trancada no banheiro do imóvel, Raiana acabou se jogando do prédio por uma janela. Em razão da queda, a jovem sofreu fraturas no pé e precisou ser internada no Hospital Geral do Estado (HGE).

Além de Raiana, outras 11 ex-funcionárias de Melina acusaram a empresária de violência.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS