Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

MPF investiga Haddad por suspeita de improbidade administrativa

MPF investiga Haddad por suspeita de improbidade administrativa

O Ministério Público Federal abriu inquérito para investigar a possibilidade de Fernando Haddad (PT) e aliados terem cometido improbidade administrativa. O órgão tem como base a delação premiada do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro. As informações são da coluna do Lauro Jardim, do Globo.

O empreiteiro disse ter feito lobby junto ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em favor do ex-prefeito de São Paulo na votação de um projeto de rolagem da dívida da cidade.

No inquérito comandado pela Procuradoria da República em São Paulo, Pinheiro diz que pagou uma dívida de campanha de Haddad, no valor de R$ 5 milhões, como contrapartida para a continuidade dos contratos da OAS com a Prefeitura da capital paulista.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS