Morre bailarino e coreógrafo Rubens Barbot, aos 72 anos

Barbot-destaque-600x400-1

Morreu o bailarino e coreógrafo Rubens Barbot, aos 72 anos, na última quarta-feira (27/7). O dançarino estava no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Rio de Janeiro (RJ). A causa da morte ainda não foi divulgada.

Com uma trajetória de sucesso, Rubens nasceu no Rio Grande do Sul e se mudou para a capital carioca em 1989, onde fundou a Cia. Rubens Barbot de Teatro e Dança, a primeira companhia de dança contemporânea negra do Brasil.

O bailarino se dedicou 40 anos à pesquisa de movimentos dos corpos afro-brasileiros. Ele também é fundador de uma das principais bases da arte negra carioca, o Terreiro Contemporâneo, um centro cultural que abriga companhias de arte negras.

O Sindicato dos Profissionais de Dança lamentou a morte do coreógrafo. “Hoje é um dia triste para a dança negra contemporânea, o querido e inigualável Rubens Barbot fez sua passagem para o Orum”, começou o post. Confira:

 

OUTRAS NOTÍCIAS