Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Morre Arnaldo Jabor, jornalista e cineasta, aos 81 anos após complicações motivadas por um AVC

Morre Arnaldo Jabor, jornalista e cineasta, aos 81 anos após complicações motivadas por um AVC

O jornalista e cineasta do cinema novo, Arnaldo Jabor não resistiu as complicações ocasionadas por um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico e morreu na manhã desta terça-feira (15). Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 16 de dezembro. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

Aguçado comentarista jornalístico, Arnaldo transitava entre temas políticos e culturais. O jornalista ganhou visibilidade nos anos 60 e 70 como cineasta. Estão entre suas principais obras o documentário Opinião Pública, de 1967, e longas como Toda Nudez Será Castigada, de 1973, e Eu Sei Que Vou Te Amar, de 1986. Jabor também foi autor de livros, como “Pornopolítica”.

OUTRAS NOTÍCIAS