Moro diz que Bolsonaro não se compromete contra corrupção

Moro diz que Bolsonaro não se compromete contra corrupção

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro afirmou em entrevista à revista americana Time na quinta-feira (21) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não teve comprometimento com as medidas contra a corrupção e que aceitou entrar no governo para “servir o Brasil e a Lei e não a um mestre”.

Moro rebateu as críticas dos apoiadores de Bolsonaro que o acusaram de ter sido desleal com o presidente ao deixar o cargo e acusá-lo de querer interferir nas investigações da Polícia Federal (PF).

“Não tinha intenção de prejudicar o governo (…) Mas me sentiria desconfortável com a minha consciência se não explicasse por que estava saindo”, disse.

Moro reiterou que aceitou ser ministro da Justiça e Segurança Pública com a intenção de evitar que a Operação Lava Jato enfraquecesse, mas foi supreendido com a “falta de apoio presidencial para medidas contra a corrupção” e as “aparentes alianças recentes com políticos acusados ou condenados por corrupção”.

OUTRAS NOTÍCIAS