Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Moradores do Viveiros denunciam assaltos e pedem reforço na segurança da comunidade

Moradores do Viveiros denunciam assaltos e pedem reforço na segurança da comunidade

Moradores do Conjunto Viveiros se reuniram na tarde de terça-feira (28) com um representante da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), para solicitar mais segurança para o local, após uma série de assaltos sofridos por trabalhadores, que tiveram suas motocicletas tomadas de assalto.

Também participaram da reunião os vereadores Pedro Cícero, Petrônio Lima e pastor Valdemir, que junto com os moradores do Viveiros, apresentaram algumas reivindicações.

De acordo com a comerciante Risalva Andrade e moradora do Viveiros há 30 anos, os moradores pedem uma solução para a entrada do conjunto, pois estão isolados do restante da cidade.

“Vivemos um descaso com o Viveiros. Temos dificuldades no atendimento de saúde, porque quando o Samu vem chegar aqui, já aconteceu de o paciente morrer. Nós temos dificuldade de acesso ao Viveiros, então quem está lá fora imagina um Viveiros perigoso. Mas não, nós que moramos aqui, andamos com o celular na mão. Os comerciantes não são assaltados. Nós trabalhamos de 1 até 2 horas da madrugada. A violência vem de fora. O trabalhador do Viveiros sai com sua moto para trabalhar e tem um espaço até chegar na pista, é aí que eles atacam a população”, informou.

Já o vereador Petrônio Lima afirmou que os moradores procuraram os três vereadores, que representam o bairro, porque nos últimos 15 dias alguns meliantes tem se aproveitado da localização geográfica do bairro, cujo acesso é ruim, principalmente com o fechamento da entrada, que dificultou a segurança do bairro.

“Devido a alguns assaltos, o pessoal pediu que a gente marcasse uma reunião com o comando da 65 e assim fizemos. Os moradores se fizeram presentes para falar das dificuldades. Acredito que depois desse diálogo, algumas ideias, acredito que eles devem entrar com alguma ação para fazer um trabalho melhor de segurança, que a gente sabe que é deficitária.”

O vereador Pastor Valdemir considerou que houve um bom diálogo e ações deverão ser feitas daqui por diante. […]

Informações; Feira Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS