Moradores do distrito de Ipuaçu fazem manifestação contra municipalização do Colégio Estadual João Baptista Carneiro

municipalizao_pj_acordacidade-3

Os moradores do distrito João Durval Carneiro (Ipuaçu), em Feira de Santana, realizaram uma manifestação na manhã desta quarta-feira (21) contra a municipalização do Colégio Estadual João Baptista Carneiro.

Luziane de Almeida Gonçalves faz curso técnico na unidade. Segundo ela, com esta decisão, não sabe como poderá concluir os estudos.

“Eu faço curso técnico aqui neste Colégio e quero terminar os meus estudos. A gente não tem outra escola aqui do estado, essa unidade de educação abrange as localidades de Santa Luzia, km 6, Galhardo, Santa Rosa, KM 14, é o único colégio que temos, uma escola que é do campo. Isso não pode acontecer, já não tem escola do município e agora não vai ter mais escola do estado. Não temos um posto de Saúde, não temos um posto policial, não temos nada, até o transporte é horrível”, afirmou.

Municipalização
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Maria Aparecida tem uma filha que estuda na unidade escolar. De acordo com ela, se realmente o colégio for municipalizado, terá que buscar uma outra alternativa.

“Eu também já estudei aqui e hoje é minha filha, mas não podemos deixar que isso aconteça, não podemos permitir. Se realmente a escola for municipalizada, aí os pais precisam buscar escolas no KM 14 ou na própria sede de Feira de Santana”, pontuou.

Municipalização
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Thiago Borges é professor e trabalhar no Colégio Estadual João Baptista. Ao Acorda Cidade, ele contou que os estudantes do EJA [Educação de Jovens e Adultos] também serão prejudicados.

Municipalização
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Aqui neste Colégio, nós temos em torno de 500 estudantes. A gente sabe que este processo de municipalização precisa ter a sensibilidade por parte do governo do estado, somos um colégio do campo, então existem estudantes aqui do KM 7, várias comunidades, estudantes do próprio EJA, e que vão dar continuidade com estes estudos aonde? Cada caso é um caso, vamos ter problemas com deslocamentos, então hoje nós somos contra esta municipalização”, concluiu.

Municipalização
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O Acorda Cidade irá entrar em contato com o Núcleo Territorial de Educação (NTE-19), para buscar maiores informações.

Com informações de Acorda Cidade.

OUTRAS NOTÍCIAS