Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Ministério Público na Bahia denuncia prefeito por lavagem de dinheiro e fraude à licitação em venda de terreno milionário

Ministério Público na Bahia denuncia prefeito por lavagem de dinheiro e fraude à licitação em venda de terreno milionário

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) denunciou o prefeito de Casa Nova, Wilker do Posto, por planejar e executar um plano que possibilitou a ilegal transferência de um dos principais terrenos urbanos da cidade para uma “laranja” que atuava em conluio com o gestor municipal.

Segundo a denúncia, o prefeito e a “laranja” Mary Rodrigues promoveram negociatas clandestinas do terreno que mede 2.868,07 m2 e foi desviado em proveito deles próprios. Mary Rodrigues, conforme a denúncia, arrematou o terreno por R$ 1,5 milhão, mas não tinha suporte financeiro para pagar o preço do imóvel.

Após a quebra do sigilo bancário e fiscal dos investigados, o Ministério Público afirma ter comprovado “(…)sem sombra de dúvidas, que a Denunciada Mary Rodrigues Figueiredo agia como “laranja” e atuava em conluio e por determinação do Denunciado Wilker de Oliveira Torres, quem verdadeiramente se apropriou do bem público”.

O prefeito ainda teria falsificado o conteúdo da lei municipal para venda do terreno, de modo a viabilizar a concretização do negócio.

Em razão de tais fatos, o Ministério Público solicitou a condenação dos acusados por crime de licitação, crime de responsabilidade e lavagem de dinheiro.

Em tentativa de contato com o prefeito, ele chegou a atender a ligação, mas após questionamentos sobre a denúncia, o gestor só respondeu que “não” tinha conhecimento e desligou o telefone.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS