Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Ministério Público de Milão pede ao Brasil que Robinho seja extraditado

Ministério Público de Milão pede ao Brasil que Robinho seja extraditado

Foi enviado ao Ministério da Justiça um pedido de extradição e um mandado de prisão internacional para Robinho feito pelo Ministério Público de Milão. As informações são do jornal “La Repubblica”, que lembra que o Brasil não permite a extradição de seus cidadãos, mas que a medida pode permitir que o atleta seja preso caso decida deixar o país rumo a outros lugares.

Robinho foi condenado em última instância a nove anos de prisão por violência sexual contra uma jovem de 23 anos em uma boate em Milão, em janeiro de 2013, junto a seu amigo, Ricardo Falco.

Em janeiro deste ano, o Supremo Tribunal da Itália confirmou a decisão do Tribunal de Justiça de Milão, tomada no fim de 2020.

O julgamento ocorreu no dia 19 de janeiro, na Corte de Cassação de Roma, que no ordenamento jurídico italiano é equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. Robinho e seus advogados apresentaram na época o último recurso, que foi negado pela corte italiana.

Informações; Feira 24h

OUTRAS NOTÍCIAS