Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Mensagens revelam elo entre Prevent Senior e blogueiros bolsonaristas

Mensagens revelam elo entre Prevent Senior e blogueiros bolsonaristas

Quebras de sigilos telemáticos que estão em posse da CPI da Pandemia revelaram a existência de um grupo de WhatsApp formado por funcionários da operadora Prevent Senior e por aqueles que simpatizam com o presidente Jair Bolsonaro, entre eles o blogueiro Allan dos Santos, investigado  pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por disseminação de fake news e por participação em atos antidemocráticos.

De acordo com a CNN, que teve acesso às mensagens, a Prevent utilizava o grupo para abastecer os apoiadores do governo com informações sobre o “kit Covid”, material que ganhava as redes sociais logo após a divulgação.

Além de Allan dos Santos, Patrick Folena, empresário e um dos líderes do grupo Avança Brasil, também era membro do grupo. Em uma mensagem postada no dia 6 de abril de 2020, Folena afirma que o empresário Carlos Wizard iria distribuir gratuitamente a hidroxicloroquina. Ainda de acordo com a canal de TV, a CPI irá utilizar as mensagens para apontar a relação da operadora com a difusão de fake news.

O presidente da Comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que o relatório final , que deve ser apresentado no dia 19 de outubro pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), vai indiciar pelo menos 30 pessoas. A lista inclui políticos, médicos e empresários.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS