Menino morto por bullying de “amigo” mandou mensagem para avó: “Guarda picolé”

Menino-de-10-anos-assassinado-600x400-1

O garoto Ryan Rodrigo Oliveira da Silva, 10 anos, encontrado morto em Tangará da Serra, município de Mato Grosso, nesse domingo (20/11), encaminhou uma mensagem para a avó paterna. Segundo a polícia, um amigo, de 14, confessou o crime e alegou bullying como motivo do assassinato. O adolescente foi apreendido.

“Oi vó bença, como vocês estão? Então vó, vou passar o fim do ano com você, guarda picolé para mim”, disse Ryan em áudio enviado para a avó. O menino sumiu na última quinta-feira (17/11). A avó da criança respondeu que guardaria vários picolés para o neto Ryan.

“O pé está carregado de amora, vai ter bastante coisa para você comer. Os homens vão colocar internet aqui em casa. E sua mãe, está bem?”, afirmou a avó de Ryan, segundo informações da Centro América, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso.

Segundo a Polícia Civil, a tia da criança registrou ocorrência comunicando o desaparecimento. Em seguida, as equipes de resgate iniciaram as buscas pelo menino. Os agentes procuraram o garoto no bairro onde a família de Ryan mora.

O corpo do menino foi encontrado com marcas de estrangulamento em uma região de mata de Tangará da Serra, a 240 km de Cuiabá. O padrasto da criança acabou preso por abandono de incapaz pois não percebeu o desaparecimento do menino, mas foi liberado pela polícia logo em seguida.

O adolescente envolvido no assassinato de Ryan convidou o colega para irem até um rio e, chegando ao local, o estrangulou. O crime é investigado pela Polícia Civil de Mato Grosso.

Fonte: Metrópoles

OUTRAS NOTÍCIAS