Mandetta pode deixar cargo caso presidente peça que reveja posicionamento de isolamento social

Mandetta pode deixar cargo caso presidente peça que reveja posicionamento de isolamento social

O ministro de Saúde, Luiz Henrique Mandetta defendeu o isolamento social e disse que vai manter seu posicionamento no sentido de recomendar que se mantenha o isolamento social generalizado, e não, “vertical”, ou seja, só de idosos e pessoas com doenças preexistentes, como defendeu Jair Bolsonaro. Conforme a colunista Vera Magalhães do BR Político, a ministro confessou a aliados no Palácio da Alvorada, que vai levar ao presidente o estudo, com modelo matemático, que levou o Reino Unido, que até o início da semana adotava o isolamento vertical, a mudar radicalmente sua postura.

Ainda segundo a coluna, se Bolsonaro exigir que o Ministério da Saúde reveja seu posicionamento, Mandeta pode deixar o cargo.

OUTRAS NOTÍCIAS