Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

 Lula irá reeditar a estratégia de 2003

 Lula irá reeditar a estratégia de 2003

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, diz que Lula “não tem compromisso de botar um economista” para comandar a Economia caso seja eleito presidente nas eleições de outubro.

 

“O Lula já falou que pode ser um político. Ele não tem compromisso de botar um economista, pode ser um político mas ele é quem vai decidir, nada definido ainda: ele sabe o que fazer na economia, não é Bolsonaro – mas falar em nomes isso é especulação, não tem nada disso”, disse Gleisi.

 

Se decidir por um político, Lula irá reeditar a estratégia de 2003, quando o petista colocou Antonio Palocci – ex-prefeito de Ribeirão Preto – no comando do Ministério da Fazenda.

O partido ainda não definiu um nome preferencial, mas empresários têm ouvido de petistas os nomes dos ex-governadores Camilo Santana (Ceará), Rui Costa (Bahia), Flávio Dino (Maranhão) e Wellington Dias (Piauí).

Esses empresários também tem ouvido de petistas que, em caso de vitória, o PT fará um “governo de centro” e apostar na criação de um programa de investimentos públicos, na ampliação do Bolsa Família – programa substituído, na gestão Bolsonaro, pelo Auxílio Brasil – e em mudança em pontos da reforma trabalhista.

Têm ouvido, ainda críticas ao teto de gastos – considerado ineficiente por integrantes do partido.

 

Fonte: g1.globo.com

OUTRAS NOTÍCIAS