Lajedinho:prefeito acompanha sepultamentos e comenta efeitos da tragédia

lajedinho_bocaonews_rv (61)

 

lajedinho_bocaonews_rv (61)

No final da tarde desta segunda-feira (9), o prefeito da cidade de Lajedinho, Antonio Mário Lima Silva, foi à igreja da cidade para acompanhar o reconhecimento e liberação de quatro corpos, que após uma rápida cerimônia religiosa foram levados ao cemitério da cidade para serem sepultados. Enquanto isso mais sete corpos que estavam nos Departamentos de Polícia Técnica (DPT) de Irecê e Itaberaba eram deslocados para o mesmo local para também passarem pelo mesmo procedimento.

A cada corpo que chegava o clima de comoção, dor e tristeza aumentava e tomava conta não só de moradores e parentes de vítimas, mas também todos que trabalhavam no local. Até o início da noite foram sepultados: Pedro Levi de 3 anos, Reginaldo Pereira dos Santos , 42 anos; Adenilson Alves da Silva, 43 anos e Olívia Andreza dos Santos, 67 anos. Mais cinco corpos foram encontrados até o final da tarde de hoje (9) completando o número de 16 vítimas fatais, até as 22 horas não havia sido encontrado o último corpo e as buscas foram encerradas e retornam às 06h da manhã desta terça-feira (10).

lajedinho_bocaonews_rv (32)(1)

Bastante abatido o prefeito Antonio Mário, atendeu autoridades durante todo o dia, a exemplo do governador Jaques Wagner, o secretário da Casa Civil do Estado, Ruy Costa e o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira. Ele conversou com a reportagem do Bocão News e fez um breve balanço das 24 horas de buscas e início de ações para reverter às destruições causadas pela enxurrada. “O levantamento dos efeitos da tragédia não acabou, ainda tem muito coisa para se avaliar. É um estrago muito grande estamos nos unindo a técnicos da Defesa Civil, estamos trazendo engenheiros, além do pessoal da secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur) e Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder), para nos ajudar. No momento nossa maior preocupação e alojar aqueles que estão sem moradia e prevenir epidemias. Como estamos fazendo em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado e a Vigilância Sanitária do Estado”, afirma o gestor.

O prefeito ainda agradeceu a ajuda que recebeu de outras prefeituras e comentou os números de mortos. “Só quero agradecer as cidades vizinhas que estão nos ajudando, prefeitos, comunidades estão dando as mãos nessa cooperação. Um exemplo é a nossa frota que ficou comprometida pela lama e prefeituras de cidades vizinhas disponibilizaram carros e maquinas para ajudar na limpeza da cidade”, agradece Antonio Mario.

lajedinho_bocaonews_rv (48)

No final da tarde desta segunda-feira (9) dia, três caminhões do 35º Batalhão de Infantaria de Feira de Santana, com efetivo de 32 militares, sob o comando do Tenente Daniel Lima, trouxeram 50 barracas, com capacidade para abrigar 20 pessoas cada uma. Com informações e foto: Bocão News

OUTRAS NOTÍCIAS