Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Justiça nega redução de pena do ex-goleiro Bruno

Justiça nega redução de pena do ex-goleiro Bruno

3oy1vl6ynh_36xo4bsbcv_file

Na última quarta-feira (25), o ex-goleiro, Bruno Fernandes Souza, teve negado pela justiça o pedido de revisão da pena pela morte de Eliza Samudio. A intenção da defesa era diminuir em 18 mês a senteção da pena de mais de 20 anos na qual foi condenado.

A tese não foi aceita pelos desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

No mês passado, Bruno já havia sido beneficiado com dois anos a menos por conta da prescrição do crime de ocultação de cadáver. Desde então, o ex-goleiro, que está no Presídio de Varginha (MG), no Sul do estado, passou a ter direito a sair durante a semana para dar aulas de futebol em uma entidade.

Bruno foi condenado em primeira instância, em 2013, pelo homicídio triplamente qualificado da ex-namorada, ocultação do cadáver e sequestro e cárcere privado do filho deles.

Foto | Google

 

OUTRAS NOTÍCIAS