Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Justiça de Sergipe rejeita acusações de violação sexual contra pastor evangélico

Justiça de Sergipe rejeita acusações de violação sexual contra pastor evangélico

A defesa do pastor evangélico Luiz Antônio divulgou, nesta sexta-feira (19), que a Justiça de Sergipe rejeitou as acusações de violação sexual contra o líder religioso. Contudo, ainda estão sendo avaliados os indiciamentos por assédio sexual e estupro de vulnerável contra o pastor Lucas Abreu, filho de Luiz Antônio.

As denúncias contra os pastores foram feitas no dia 18 de março deste ano por mulheres que frequentavam a igreja. No total, 22 pessoas foram ouvidas, entre elas testemunhas, supostas vítimas e investigados.

Lucas Abreu, que pertence ao mesmo ministério do seu pai, está sendo investigado após quatro supostas vítimas relatarem abuso. Duas delas eram adolescentes no período do ocorrido, em 2011 e 2013, quando Lucas era líder de adolescentes.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS