Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Jovens mortos após tiroteio durante festa em Salvador eram amigos de infância: ‘Como se fosse irmãos’, diz amigo

Jovens mortos após tiroteio durante festa em Salvador eram amigos de infância: ‘Como se fosse irmãos’, diz amigo

Os jovens Marco Gabriel Oliveira Mota de Souza, de 18 anos, e Luca Gabriel Conceição dos Santos, de 19, mortos após um tiroteio em uma festa do tipo “paredão”, que ocorreu logo após um campeonato de futebol, no bairro de São Caetano, em Salvador, eram amigos de infância e costumavam andar sempre juntos.

“Eram muito amigos, tão apegados, coincidentemente até o sobrenome era o mesmo. Era como se fosse irmãos, mas não eram parentes”, contou o amigo da família, Ariel da Silva”.

O caso aconteceu na noite de terça-feira (7) e os corpos dos jovens foram enterrados por volta das 16h30 do Cemitério Campo Santo, na capital baiana.

De acordo com Ariel da Silva, Marco Gabriel era filho único e tinha o sonho de ser jogador de futebol. O jovem também tinha começado o curso de engenharia mecânica recentemente. Já Luan Gabriel, fazia um curso técnico.

“O Marco gostava de jogar futebol, tinha o sonho de ser jogador, um menino muito caseiro, sempre muito apegado a família. Ele estava agora com 18 anos fazendo o curso de engenharia e tinha sonhos pela frente que infelizmente não vão ocorrer após essa fatalidade”, disse.

“Um jovem de família, sempre alegre, filho único, que a mãe se encontra muito arrasada. Infelizmente aconteceu esse episódio e nós estamos muito abalados”.

OUTRAS NOTÍCIAS