Jovem de 22 anos é preso suspeito de agredir e ameaçar companheira após se negar a fazer sexo na frente da filha

Um jovem de 22 anos foi preso suspeito de agredir e ameaçar a companheira de morte após a vítima se negar fazer sexo na presença da filha de 8 anos. Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu nesta quinta-feira (18), na cidade de Arací a cerca de 210 quilômetros de Salvador.

Segundo a polícia, o homem que não teve a identidade revelada, foi preso por investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Araci, algumas horas após o crime.

De acordo com o titular da DT de Araci, delegado Hidelbrando Alves da Silva, a vítima é quatro anos mais velha que o suspeito, que estava sob efeito de bebida alcoólica e também agrediu a criança.

Autuado por lesão corporal dolosa no contexto de violência doméstica, o jovem passou por exame de corpo de delito e foi encaminhado para a carceragem da 15ª Coorpin de Serrinha, ficando à disposição da Justiça.

O suspeito terá a prisão preventiva solicitada para a Justiça pelo delegado, que também deve requerer medidas protetivas de urgência para a vítima. 

Folha do Estado

OUTRAS NOTÍCIAS