Jogadores do Nacional-AM causam indignação após fazerem foto simulando morte na Arena Cajueiro

Uma postagem realizada no início da noite deste domingo (13) pelo Nacional-AM, adversário do Bahia de Feira, amanhã, em confronto válido pelas oitavas de final do Brasileirão da Série D, foi alvo de duras críticas e muito protesto.

Na publicação, que somente após a repercussão foi apagada, jogadores aparecem fazendo sinal de cruz e com as mãos juntas, enquanto um outro membro do time amazonense está deitado no gramado da Arena Cajueiro, simulando estar morto, justamente no mesmo local onde Deon, ídolo do time feirense, faleceu, durante treinamento.

“Reconhecimento feito e preparação encerrada! O treinamento deste domingo foi no palco da partida de amanhã, a Arena Cajueiro, em Feira de Santana”, dizia a legenda da foto.

A imagem foi veiculada no Twitter e no Instagram, onde é possível encontrar centenas de protestos. Um deles é do torcedor Guilherme Batista, que repudiou: “Que imagem nojenta. De embrulhar o estômago e revoltar qualquer um. Ou a CBF pune excluindo o Nacional-AM ou isso aqui, oficialmente, virou a casa da mãe Joana”, escreveu.

A Federação Baiana de Futebol (FBF), se pronunciou através de nota. “Apenas quatro dias após o falecimento do atacante Deon, os atletas do clube amazonense demonstraram falta de empatia, tolerância e respeito com uma simulação desnecessária, que indignou todos os baianos. O fato de o clube ter apagado a postagem em seguida não o isenta do ato de desrespeito à família do atleta, que sofre com a sua recente perda. Não há espaço para brincadeiras como essa no nosso futebol”.

Até a publicação desta matéria, o Nacional não havia se posicionado. Internamente, a foto foi recebida com muita indignação e incredulidade por parte do plantel do Tremendão. O Bahia de Feira ainda não se pronunciou oficialmente, mas, conforme apurou o Blog do Velame, a equipe já estuda as medidas cabíveis.

BV

 

OUTRAS NOTÍCIAS