Jair Bolsonaro entra na lista de caloteiros

jair_bolsonaro_marcelo_camargo_agbr_widelg_widelg_rvZP9GM_widelg-1

A dificuldade de deixar as contas em dia não é exclusividade apenas do brasileiro assalariado. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) entrou na lista de caloteiros do Estado de São Paulo, após não pagar multas recebidas do Estado.

Durante o período da pandemia do coranavírus, Jair Bolsonaro se recusou a usar máscaras em locais públicos e por causa disso foi multado.

Diante disso, a Justiça do Estado de São Paulo, por meio da Vara de Execuções Estaduais, citou o ex-presidente para que pague uma dívida de R$ 370 mil junto aos cofres paulistas, valor oriundo de oito multas recebidas pelo ex-mandatário.

Em um dos eventos, no dia 25 de junho de 2021, o então presidente fez questão de não utilizar a máscara mesmo estando aparentemente em situação de saúde debilitada, tossindo muito e mal conseguindo falar.

Como Bolsonaro não quitou a dívida, ele foi incluído na Dívida Ativa do Estado já no ano passado. Por conta disso, Bolsonaro pode ter as contas bancárias bloqueadas.

BNEWS

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS