Ivete veta ida de Witzel ao camarim; governador é criticado por ‘segurança’ no Rio

Ivete veta ida de Witzel ao camarim; governador é criticado por ‘segurança’ no Rio

A cantora Ivete Sangalo vetou a entrada do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, em seu camarim no último final de semana. De acordo com o colunista Lauro Jardim, ela foi escalada para o show de encerramento da comemoração dos 50 anos do escritório Sérgio Bermudes, no Copacabana Palace e o político pediu para ser levado até onde estava a baiana, mas não obteve êxito. A artista, segundo a nota, fez chegar à produção da festa que não queria recebê-lo.

Há duas semanas, o jogador Gabigol, do Flamengo, na final da Libertadores, também se recusou a estar com Witzel. Vale dizer que o político está sendo criticado por diversos setores da sociedade por conta da política de segurança adotada para o Rio de Janeiro. 

Além disso, recentemente Witzel se queixou do contracheque que recebe como governador do Rio. O ex-juiz reclamou a interlocutores da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) sobre a lei que proíbe chefes do poder Executivo e membros da mesa do poder Legislativo de atuarem como advogados. 

No atual cargo, ele tem salário bruto de quase R$ 20 mil por mês. Pouco antes de abandonar a carreira de juiz, ele ganhava o teto do funcionalismo público, R$ 33,763, somando salário e gratificações.

Fonte: Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS