Igreja Universal é condenada por estimular fiel a largar camisinha

Igreja Universal é condenada por estimular fiel a largar camisinha

O Domingo de Ramos foi lembrado em v·rios eventos no estado. Em Belo Horizonte a Igreja Universal do Reino de Deus realizou quatro reuniies especiais dedicadas a essa data. Milhares de pessoas vindas de v·rios lugares prÛximos ao bairro de Lurdes enfrentaram a forte chuva que caiu sobre a cidade para se acomodarem no imenso sal„o do Templo Maior, como È conhecida a matriz da IURD,  para assistirem ao primeiro culto do dia que iniciou-se ‡s 7 horas ministrado pelo bispo Carlos Alberto que auxilia os trabalhos em Minas Gerais.  foto:   MARCOS ANTONIO / HOJE EM DIA / FUTURA PRESS 20/03/2005

O Domingo de Ramos foi lembrado em v·rios eventos no estado. Em Belo Horizonte a Igreja Universal do Reino de Deus realizou quatro reuniies especiais dedicadas a essa data. Milhares de pessoas vindas de v·rios lugares prÛximos ao bairro de Lurdes enfrentaram a forte chuva que caiu sobre a cidade para se acomodarem no imenso sal„o do Templo Maior, como È conhecida a matriz da IURD, para assistirem ao primeiro culto do dia que iniciou-se ‡s 7 horas ministrado pelo bispo Carlos Alberto que auxilia os trabalhos em Minas Gerais.

Um homem portador do vírus da Aids ganhará R$ 300 mil em indenização por danos morais após a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) influenciá-lo a interromper seu tratamento médico em nome da cura pela fé.

A decisão foi da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Conforme os autos do processo, o homem teria sido motivado a se relacionar sexualmente com a mulher sem o uso de preservativos, adquirindo então o vírus da doença. Ele também teria sido obrigado a ceder bens materiais para a igreja, segundo informações do site do TJ-RS.

O colegiado chegou a esse valor da indenização após ser informado do estado crítico de saúde a que o homem chegou por deixar de tomar a medicação, em setembro de 2009. Poucos meses depois, com a queda da defesa imunológica, o soropositivo ficou em coma induzido por 40 dias devido a uma broncopneumonia.

O homem e ficou hospitalizado durante 77 dias. A vítima, que adquiriu o vírus em 2005, chegou a perder 50% do peso.

OUTRAS NOTÍCIAS