Idosa perde quase R$ 100 mil em golpe do bilhete premiado

idosa-perde-quase-r-100-mil-em-golpe-do-bilhete-premiado-saiba-detalhes_widelg

Uma idosa perdeu R$ 99 mil após cair no golpe do bilhete premiado em Sergipe, de acordo com informações da Polícia Civil local. O suspeito foi preso no estado do Paraná e responde a pelo menos 40 processos.

Ao detalhar como o golpe funciona, a delegada que investiga o caso contou que a situação começa quando a vítima é abordada por uma pessoa que simula ser analfabeta e procura saber sobre determinado local.

“A vítima acaba dizendo que não sabe onde fica aquela localidade. Nesse momento, aparece um segundo golpista que finge não conhecer a pessoa analfabeta e simula que vai ajudá-la”, afirmou, em entrevista à TV Sergipe na última segunda-feira (4).

Em seguida, conforme detalhou, a pessoa que finge ser analfabeta apresenta um bilhete. É quando entra em cena um segundo golpista, que simulou ajudar a pessoa que diz ser analfabeta. Nesse caso, ele faz uma ligação em viva-voz para um terceiro golpista, supostamente gerente da Caixa Econômica Federal.

“Ele, por sua vez, solicita os dados do bilhete, e todos escutam essa informação”, acrescentou, levando à vítima a acreditar ser um bilhete premiado.

“Aquele suposto gerente afirma que o bilhete de R$ 18 milhões não foi retirado. Então, a pessoa que finge ser analfabeta diz que não pode receber aquele prêmio por crença religiosa. O segundo golpista, que é a pessoa que tentou ajudá-la, propõe que a vítima que troque aquele bilhete premiado por um valor elevado”.

Foi assim que os golpistas conseguiram convencer a vítima a transferir R$ 99 mil. Inicialmente, transferiu R$ 49 mil e, em seguida, tomou um empréstimo no valor de R$ 50 mil para uma conta indicada pelos golpistas. “Na investigação, identificamos que a conta era falsa e que havia sido aberta no nome de uma outra vítima. Assim, identificamos dois integrantes do grupo criminoso”, finalizou.

Bnews

 

OUTRAS NOTÍCIAS