Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Idosa é morta a golpes de machadinha dentro de capela de igreja

Idosa é morta a golpes de machadinha dentro de capela de igreja

Uma idosa de 60 anos foi morta com golpes de machadinha enquanto revaza em uma capela de uma igreja católica. O autor do crime, identificado como Yuri Ribeiro de Brito, de 25 anos, disse em depoimento à polícia que feriu a vítima porque “ela riu de modo irônico” quando ele se sentou em um dos bancos do templo religioso.

O ataque aconteceu na última quarta-feira (20), na cidade de Santa Terezinha de Goiás, no interior do Goiás. O suspeito foi preso no mesmo dia do crime. De acordo com informações do G1, Maria Elizabeth Castro de Oliveira estava dentro de uma capela, que fica em anexo à igreja, quando o homem entrou no local e a atingiu na cabeça. No momento do crime, outras pessoas estavam dentro do templo católico, mas não puderam escutar os barulhos vindo da capela ao lado.

“Testemunhas viram ele na calçada e depois entrando no local. Minutos depois nos ligaram falando que uma mulher foi morta. Tinha gente na igreja, mas ninguém percebeu o crime porque o Santíssimo fica isolado de onde acontecem as missas”, explicou o coronel da Polícia Militar Paulo César, em entrevista ao portal.

Embora o suspeito tenha confessado o assassinato, a polícia considera outras linhas de investigação. “Não afastamos nenhuma linha investigativa, mas a questão da sanidade, durante o interrogatório, apesar de demonstrar muita frieza, ele parecia ser uma pessoa lúcida”, acrescentou o delegado Douglas Costa, também em entrevista ao G1.

O homem foi preso em casa. Com ele, a polícia apreendeu a machinha utilizada para matar a idosa, além de um faca. O suspeito não tinha relação com a vítima. 

OUTRAS NOTÍCIAS