Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Homem que denunciou falta de medicamentos morre no Hospital de Campanha de Feira; 2º morte registrada na unidade

Hospital de Campanha de Feira nega denuncia de paciente que gravou vídeo sobre a falta medicamentos na unidade

Morreu na noite de ontem (18), vítima de complicações pelo novo coronavírus, Venâncio dos Santos Ferreira, 56 anos de idade, no Hospital de Campanha de Feira de Santana.

O paciente denunciou no início do mês, através de vídeo, que o hospital não tinha medicamentos para hipertensão.

A mulher de Venâncio diz: “Estou revoltada com toda negligência do hospital com meu marido. Eu havia avisado para ele que aquele lugar não era confiável, que tinha acabado de ser aberto. Os médicos estão há dois dias falando que vão começar fazer diálise por conta dos rins de Venâncio e foi sempre demorando de fazer o procedimento. Ele morreu por descaso e falta de respeito desse hospital, sem porte nenhum”, desabafou

A mulher disse ainda que o homem chegou no hospital com 30% do pulmão comprometido e não entende como o caso se agravou tanto em pouco tempo. Ela declarou também que vai buscar seus direitos e processar os envolvidos no tratamento do marido.

“Esse hospital não tem porte nenhum. Sempre encontrando dificuldades para fazer qualquer coisa. Não vou parar, vou lutar até que os responsáveis paguem por isso”, finalizou.

OUTRAS NOTÍCIAS