Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Homem pode ficar com órgão genital permanentemente ereto após ser atingido por raio

Homem pode ficar com órgão genital permanentemente ereto após ser atingido por raio

Screenshot_3-71

O rapaz de 22 anos estava de férias no México, quando foi atingido por um raio no meio da rua.  Josh McDermott acabou sendo hospitalizado e ficou com duas marcas no corpo. A primeira é uma extensa cicatriz vermelha ao longo do pescoço, peito, abdômen até chegar nos genitais, que foi aonde o raio percorreu. A segunda marca é a mais peculiar, ele ficou com seu membro genital ereto.

Claro que pode não ser nada de anormal, ele ter ficado com o “parceiro” de pé, tirando o fato que já se passaram 17 semanas do acontecido.

Josh chegou a afirmar para repórteres, que sentiu o órgão pegar fogo, e desde então ele ficou daquela forma. Ele chega a brincar com a situação, comentando que conseguiu sentir a eletricidade percorrendo seu corpo, e que parecia que tinha um sabre de luz saindo de suas calças.

Screenshot_1-83

O médico do hospital Cambridge Memorial, afirma que o paciente está sofrendo de uma forma muito rara de priapismo, que é uma condição aonde o órgão genital permanece ereto e não retorna ao seu estado normal. O doutor ainda ressalta que se não tratado corretamente, a condição do homem pode se tornar permanente.

A namorada de Josh brincou com a situação, dizendo que no início era estranho andar com ele em público, já que seu membro chamava toda a atenção das pessoas, principalmente das mulheres. Mas, que agora ela sente uma espécie de orgulho. Ela ainda ressalta que a vida sexual dos dois melhorou muito, já que antes ela tinha que fingir um pouco durante a relação, e agora é o contrário. Ela parece muito satisfeita com a singela situação do homem.

OUTRAS NOTÍCIAS