Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Homem pede intervenção militar, é levado pela polícia e se desespera

Homem pede intervenção militar, é levado pela polícia e se desespera

O último sábado (1/5) foi marcado por manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro em pelo menos 10 estados brasileiros. Os cartazes mais vistos diziam ‘fora comunismo’ e pediam ‘intervenção militar’.

Em algumas das capitais, populares também defenderam o retorno do voto impresso e ações contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Os populares gritavam “Bolsonaro, eu autorizo”, em referência a uma fala do presidente, que no dia 14 de abril disse que esperava “um sinal do povo” para agir.

Nas redes sociais, o vídeo da prisão de um manifestante provocou uma série de reações. Um apoiador de Bolsonaro que não teve a identidade revelada se desespera ao ser levado pela polícia militar e chega a gritar “socorro”.

“Ué, o sujeito pede intervenção militar. E quando a intervenção vem ele se desespera e pede socorro?”, questionou um internauta. “Acho que eles pensam que numa intervenção militar os militares servem coca-cola”, comentou outra. “Desconhecem completamente o que estão clamando com esses pedidos de ‘intervenção’. O que querem, na verdade, é a criminalização da esquerda”, observou mais um.

Manifestações que pedem um golpe militar no País são inconstitucionais e são alvo do Inquérito dos Atos Antidemocráticos aberto no ano passado por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Informações: Pragmatismo Político

OUTRAS NOTÍCIAS