Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Homem mata ex a marretadas e se joga de ponte

Homem mata ex a marretadas e se joga de ponte

Por não aceitar o fim do relacionamento, Haroldo da Silva Amorim, de 41 anos, utilizou uma marreta para matar a sua ex-esposa, Bruna Araújo de Souza, de 31 anos. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (13), em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

O corpo da vítima foi encontrado por uma vizinha dela, em um beco da região onde morava. Depois de matar a ex-esposa, o agressor furtou um carro de uma oficina e fugiu em direção a Ponte Rio-Niterói, de onde se jogou. Antes disso, ele atirou em uma tia, que não foi atingida.

Foi ela que, mais tarde, reconheceu o corpo do sobrinho em um hospital. Depois da queda, o agressor foi socorrido por uma lancha do Corpo de Bombeiros em estado grave, mas não resistiu.

De acordo com informações do jornal Extra, Bruna, que era orientadora de trânsito, estava separada há quatro meses e temia pela sua vida e da filha, de 17 anos, fruto de um outro relacionamento. Ela sofria constantes ameaças. O ex-casal ficou junto por 14 anos e tinha uma garota de 12 anos.

“Ele ameaçava ela e a filha, de 17 anos. Nunca prestou. Xingava ela de tudo quanto era nome, na frente de todo mundo, só tratava ela mal. Ele já estava atrás dela com armas dizendo que, se ela não ficasse com ele, iria matá-la. Essas ameaças eram frequentes. Vivia perseguindo ela”, contou uma prima em entrevista ao jornal.

Informações: Extra

OUTRAS NOTÍCIAS