Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Homem é suspeito de cortar cordas vocais de cachorros “barulhentos”; acusado não tem licença veterinária

Homem é suspeito de cortar cordas vocais de cachorros “barulhentos”; acusado não tem licença veterinária

cachorro-branco-600px

Um homem está sendo investigado pela polícia por se oferecer a cortar as cordas vocais de cachorros “barulhentos”. De acordo com informações, o homem conhecido como Zeng, instalou uma “clínica veterinária” improvisada em sua rua, onde realizava as cirurgias.

Segundo a polícia, as cirurgias tinha duração de cerca de cinco minutos e o acusado cobrava pelo serviço, entre US$ 8 e US$ 12, dependendo do tamanho do animal.

A investigação do caso foi anunciada nesta segunda-feira (18), após algumas notícias sobre o procedimento ser publicado nos principais veículos de comunicação da cidade.

Zeng, que não tem licença veterinária, não anestesiava os animais e, além disso, não trocava e nem limpava a tesoura que utilizava para cortar as cordas vocais dos cachorros. Segundo as autoridades, a “clínica” improvisada foi fechada. Os clientes de Zeng informaram que procuraram pelo serviço, pois seus pets era muito “barulhentos” e incomodavam os vizinhos.

O procedimento cirúrgico mais apropriado para diminuir o latido do cachorro consiste na redução das cordas vocais do animal, mas sem a remoção total das cordas.

Foto | Ilustrativa

OUTRAS NOTÍCIAS