Hamilton Mourão deixa o Palácio do Jaburu nesta segunda-feira(26)

14261765442_b26b6f3956_c

O atual vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), deixa o Palácio do Jaburu nesta segunda-feira (26/12) para chegada do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB).

À reportagem, o general disse que já nesta segunda se muda para sua nova residência, que será localizada na região administrativo do Distrito Federal, Jardim Botânico. O trajeto do senador eleito até a região central de Brasília dá cerca de 20 minutos.

Predominantemente arborizada, a nova área é composta por condomínios fechados, com vigililância 24 horas por dia. Próximo à região, também há o Jardim Botânico de Brasília, que é uma área de proteção ambiental, localizada às margens do Lago Paranoá.

Questionado sobre o que levará do Palácio do Jaburu, o general disse: “Sentirei falta da equipe que lá trabalha, bem como da beleza natural que caracteriza o Palácio”.

Mourão sai, Alckmin entra

Vice-presidente eleito na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSB) será o ocupante do palácio pelos próximos quatro anos. Segundo o próprio Mourão, as mudanças já vinham sendo discutidas desde o início da transição, em novembro.

Já na segunda semana do mês passado, Paula Mourão e Maria Lúcia Alckmin se encontraram para discutir questões de mudança e logísitica da transição da residência. Duas semanas depois, no dia 29, Mourão e Alckmin se encontraram para uma conversa, pela primeira vez, no Palácio do Planalto.

Tombado como patrimônio como Patrimônio Cultural pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Palácio do Jaburu foi projetado para ser residência oficial do vice-presidente da República, dentro da concepção urbanística proposta por Lúcio Costa para Brasília.

Os seus 4.283 metros quadrados privilegiam mais a área externa, com generosas varandas, do que as áreas comuns, como os salões, cujas dimensões se aproximam das de outras residências e não dos palácios tradicionais.

Fonte: metrópoles 

OUTRAS NOTÍCIAS