Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Grupo protesta contra municipalização de escolas estaduais em Feira de Santana

Grupo protesta contra municipalização de escolas estaduais em Feira de Santana

Um grupo de professores, pais e estudantes de três escolas estaduais de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador, fizeram um protesto, na tarde desta quarta-feira (16), contra a municipalização de algumas unidades. A manifestação aconteceu no pátio do Núcleo Territorial de Educação (NTE).

Segundo os manifestantes, a municipalização de escolas estaduais como Leolinda Bacelar, Agostinho Fróes da Mota e Monsenhor Severino Soares, vai prejudicar os estudantes, porque eles vão precisar se deslocar para unidades mais distantes.

A municipalização atende a uma lei federal que determina que o ensino fundamental seja do município e o ensino médio, de responsabilidade do estado. O processo ocorre ao longo dos últimos 20 anos e vai atingir seis escolas da cidade.

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Bahia (APLB) informou que uma reunião estava marcada com a diretora do NTE, no entanto, foi desmarcada. A data, no entanto, não foi detalhada.

À reportagem da TV Subaé, afiliada da TV Bahia, o NTE afirmou que a reunião entre a comissão de educação do município e a Secretaria de Educação do Estado (SEC) estava marcada, mas precisou ser adiada porque houve uma troca de superintendente da SEC. Até esta quarta-feira, não há prazo para uma nova reunião.

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS