Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Governador Rui Costa descarta flexibilização do isolamento social: “Ninguém sabe o ritmo de crescimento”

Governador Rui Costa descarta flexibilização do isolamento social: “Ninguém sabe o ritmo de crescimento”

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), descartou, durante coletiva de imprensa online nesta quinta-feira (9), a possibilidade de flexibilizar o isolamento social neste momento, uma das meddias de combate à propagação do novo coronavírus.

“Ainda não. Estamos no início da curva. Ninguém sabe o ritmo que será de crescimento. Infelizmente, ele é muito agressivo. Pras pessoas, tá se mostrando que a grande maioria tinha alguma doença anterior, necessariamente não é só idoso, já morreu gente jovem”.

A flexbilização do isolamento social é uma das sugestões defendidas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), figura que Rui frequentemente se antagoniza.

Ainda na resposta, o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, lembrou da morte de uma jovem de 26, que tinha dado à luz pouco antes das complicações da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Temos pacientes graves em UTIs com idade abaixo de 60 anos. Essa impressão que as pessoas têm que o vírus só vai matar idoso não é correta. Tem muita gente jovem precisando ficar internado em UTI. Não há garantia nenhuma que nenhuma faixa etária está imune a necessitar passar por um período de terapia intensiva”, disse Vilas-Boas.

O boletim mais atualizado da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) registra que o estado tem 559 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus. Sendo que 146 foram curadas, enquanto 19 morreram.

OUTRAS NOTÍCIAS