Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Governador do DF diz que ‘serial killer’ faz polícias de ‘bobos’

Governador do DF diz que ‘serial killer’ faz polícias de ‘bobos’

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse nesta quarta-feira (16) que Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, está fazendo as forças policiais envolvidas em sua busca de “bobas”.

As operações para localizar o ‘serial killer’ já estão no oitavo dia. Lázaro é acusado de matar quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF), além de trocar tiros com policial.

O acusado também invadiu outra fazenda e fez uma família refém. Desde que o caso ganhou repercussão, outros crimes na Bahia, em sua cidade natal de Barra do Mendes, também foram divulgados.

Cerca de 300 policiais já foram mobilizados em cidades do DF e entorno. “Essa caçada nos impressiona. São quase 300 homens da polícia do DF em Goiás que estão atrás desse marginal e não conseguem localizá-lo. Espero que isso aconteça o mais rápido possível, para que possamos tranquilizar as famílias daquela região”, disse o governador. “Está passando da hora dele ser preso e vir para Papuda”, para receber sua “punição devida”, completou.

Na madrugada do dia 9 de junho, Lázaro invadiu uma chácara no Incra 9, no DF, matou a tiros e facadas o empresário Cláudio Vidal, 48 anos, e os filhos dele, Gustavo Vidal, de 21 anos, e Carlos Eduardo Vidal, de 15. A esposa de Cláudio e mãe de Gustavo e Carlos, Cleonice Marques de Andrade, 43, foi sequestrada logo depois de cometer o crime. Ela foi achada morta, sem roupas, em um córrego da região.

Informações; Feira 24h

OUTRAS NOTÍCIAS