Futebol: Há três jogos sem ganhar, Bahia iguala seu pior começo na Série A

O Bahia ainda não mostrou a que veio no Campeonato Brasileiro. Depois de começar mal a competição, com duas derrotas, a equipe acenou uma recuperação ao vencer o Vasco, fora de casa, e o Coritiba, na Arena Fonte Nova. Mas voltou a patinar e já acumula três partidas seguidas sem ganhar na Série A. Um jejum que equiparou essa campanha com o pior início do clube no Brasileirão dos pontos corridos.

O empate em 1×1 com o Goiás em casa, no fim de semana, levou o time do técnico Renato Paiva aos sete pontos, de 21 já disputados. A equipe aparece em 13º na tabela. Em 10 participações no torneio desde que passou a ser disputado por 20 equipes, em 2006, somente uma vez o rendimento do Bahia foi tão baixo: em 2012.

Naquele ano, o tricolor também terminou a 7ª rodada com sete pontos. Houve, porém, uma diferença: ali, tinha um só triunfo, além de quatro empates e duas derrotas, ocupando o 15º lugar. Já em 2023, o Esquadrão ganhou duas partidas, perdeu quatro e empatou uma. A campanha atual só pode ser considerada melhor tomando o número de vitórias como critério de desempate. Mas o aproveitamento é o mesmo: 33,3%.

Nos dois anos em que foi rebaixado, o Bahia fez uma campanha melhor nos sete confrontos iniciais da Série A. Em 2014, chegava à 7ª rodada com oito pontos. Mas aparecia em posição inferior na tabela, em comparação a 2023: era apenas o 15º. Ao fim das 38 rodadas, terminou a competição na 18ª colocação, com 37 pontos, e caiu para a segunda divisão.

Já em 2021, curiosamente, o tricolor fez seu segundo melhor começo de Brasileirão. Com três vitórias, dois empates e duas derrotas, somava 11 pontos, aproveitamento de 52,4%. Dentro desse recorte das sete primeiras rodadas, é a posição mais alta alcançada pelo time: 5º lugar.

Mas o bom desempenho não se manteve. Ao fim da 22ª rodada, a equipe entrava pela primeira vez no Z4. No fim, perdeu a briga contra o descenso e foi rebaixado na 18ª posição.

O melhor começo na Série A foi registrado em 2019, quando o Bahia somava 13 pontos ao encerramento da 7ª rodada, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas. O rendimento, de 61,9%, colocava a equipe na 7ª posição. O Esquadrão acabou aquela edição na 11ª colocação, a melhor até hoje na era dos pontos corridos, empatada com a de 2017.

O próximo confronto será fora de casa. O time enfrenta o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre, neste domingo (28). O jogo, válido pela 8ª rodada, está marcado para começar às 16h.

As primeiras sete rodadas do Bahia:

2011: 8 pontos (2 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, com 38,1% de aproveitamento) – 13º lugar – acabou em 14º, com 46 pontos
2012: 7 pontos (1 vitória, 4 empates e 2 derrotas, com 33,3% de aproveitamento) – 15º lugar – acabou em 15º, com 47 pontos
2013: 9 pontos (2 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, com 42,9% de aproveitamento) – 11º lugar – acabou em 12º, com 48 pontos
2014: 8 pontos (2 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, com 38,1% de aproveitamento) – 12º lugar – acabou em 18º, com 37 pontos
2017: 10 pontos (3 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, com 47,6% de aproveitamento) – 6º lugar – acabou em 12º, com 50 pontos
2018: 8 pontos (2 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, com 38,1% de aproveitamento) – 15º lugar – acabou em 11º, com 48 pontos
2019: 13 pontos (4 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, com 61,9% de aproveitamento) – 7º lugar – acabou em 11º, com 49 pontos
2020*: 9 pontos (2 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, com 42,9% de aproveitamento) – 11º lugar* – acabou em 14º, com 44 pontos
2021: 11 pontos (3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, com 52,4% de aproveitamento) – 5º lugar – acabou em 18º, com 43 pontos
2023: 7 pontos (2 vitórias, 1 empate e 4 derrotas, com 33,3% de aproveitamento) – 13º lugar – competição em andamento

O triunfo por 2×1 sobre o Botafogo, pela 1ª rodada, foi adiado. Assim, a 7ª partida disputada pelo Bahia em 2020 foi o empate em 2×2 com o Internacional, pela 8ª rodada

CORREIOS

OUTRAS NOTÍCIAS