Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Flamengo vive noite de pequenas vitórias em empate na Arena

Flamengo vive noite de pequenas vitórias em empate na Arena

img-1463

Grande jogo da Arena nessa quarta-feira,Rubro-Negro que saiu com o 1 a 1 contra o Grêmio na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil deixou o estádio do Tricolor gaúcho maior do que entrou.

Maior por que viu mais uma grande partida de Léo Duarte, ao lado do experiente Réver, que também foi firme a todo momento. Os dois com o auxílio luxuoso de Cuéllar e Renê, que tem função praticamente de “volante armador”, ao se deslocar da lateral para fechar o meio, mas sem deixar de contribuir na frente (como no lance do gol de Lincoln). E maior também por que conseguiu, de um tempo para o outro, praticamente anular o toque de bola tricolor.

O Flamengo foi capaz de tirar os espaços de Everton (fora a primeira jogada do segundo tempo) e de Luan, tudo isso com o time uns 10 metros para frente dentro do terreno gremista. E com um feito enorme: não cedeu sequer um contra-ataque (como comparação, é só lembrar dos muitos contra-ataques que o São Paulo teve no Maracanã quando venceu por 1 a 0). Na Arena, a segunda etapa registrou zero chute a gol e escanteios para os gremistas.

OUTRAS NOTÍCIAS