Fiscal da secretaria estadual de Fazenda é preso no RJ

ban

ban

Nesta terça-feira (27) o auditor fiscal da secretaria Estadual de Fazenda do Rio Luís Octávio Mendes de Abreu se entregou na delegacia da Rua Gomes Freire, no Centro. Ele teve a prisão preventiva decretada pela juíza Lúcia Esteves Magalhães da 19ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio por suspeita de cobrar propina, há pelo menos três anos, de cerca de três mil comerciantes no Centro do Rio.

Assim como seu colega, Oswaldo Esteves Lavadores, chefe responsável pela fiscalização no Centro, ele foi para a cadeia de Benfica, na Zona Norte. Os dois vão responder por corrupção passiva, entre outros crimes.

Além dos dois, a polícia também prendeu os comerciantes Irineu e Nei Santos, que foram flagrados dando R$ 9 mil para o fiscal Oswaldo. Eles vão responder pelo crime de corrupção ativa.

Segundo o Ministério Público, a dupla de fiscais usava uma sala alugada na avenida rio branco para negociar a propina com os comerciantes.

A sonegação de ICMS pode gerar um prejuízo de R$ 1,5 milhão por mês aos cofres do estado. O grupo de combate à sonegação fiscal pediu à secretaria de Fazenda que faça uma devassa contábil nas empresas dos dois comerciantes presos e também que investigue se os imóveis dos fiscais são compatíveis com os salários que recebem

O Ministério Público informou que Oswaldo é dono de uma mansão em ume condomínio de luxo na Barra da Tijuca e Luís Otávio mora em Niterói, também num dos bairros mais valorizados da cidade. Nos próximos dias, a juíza Lúcia Esteves deve convocar a primeira audiência para ouvir os comerciantes e os fiscais presos.

OUTRAS NOTÍCIAS