Filho mantém cadáver da mãe por seis anos em casa pra poder receber pensão

Um caso chocante deixou a população de uma cidade perplexos Policiais , descobriram o corpo de uma idosa, identificada como Helga Maria Hengbarth, de 86 anos, mumificado e decomposto na casa do filho dela nesta semana. O caso aconteceu na cidade de Verona, no norte da Itália

De acordo com informações do jornal inglês Daily Star, o corpo ficou dentro da casa por seis anos.

Ainda conforme o jornal, o homem alegou para todos que a mãe viajou para o país de origem, a Alemanha. Contudo, o golpe de seis anos foi descoberto após a polícia invadir o apartamento dele.

A principal suspeita da polícia é que o filho tenha ficado com a mãe para poder conseguir sacar o dinheiro da pensão da idosa que, durante os seis anos, deu o total de € 180 mil, o equivalente a R$ 967 mil.

A desconfiança da morte da idosa aconteceu após o plano de saúde informar às autoridades que Helga não fazia mais reclamações do cartão de seguro há anos, principalmente durante a pandemia, onde a Itália teve o maior índice de morte de idosos pelo vírus.

Informações BNwes

OUTRAS NOTÍCIAS