Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Festa com 2 mil pessoas é encerrada e fiscalização é recebida com tiros

Festa com 2 mil pessoas é encerrada e fiscalização é recebida com tiros

Cerca de 2 mil pessoas participaram de uma festa tipo paredão na madrugada de domingo (9)  no bairro do Arenoso, em Salvador. A festa foi interrompida por fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), através da Operação Sílere, que  dispersou a multidão . A equipe foi recebida a tiros, mas ninguém ficou ferido.

Os agentes de fiscalização sonora e policiais militares e civis, que integram a operação, conseguiram contornar a situação, apreenderam seis equipamentos sonoros e dispersaram a multidão.

 “O que vimos neste sábado foi inacreditável e assustador. Em meio a uma pandemia, cerca de 2 mil pessoas reunidas sem nenhum protocolo. Mas, agimos de forma criteriosa e firme e conseguimos dar fim aquele absurdo”, narra a subcoordenadora de fiscalização sonora, Márcia Cardim.

A mega Operação Sílere, realizada, neste final de semana, em comemoração ao dia municipal de combate à poluição sonora, já realizou 255 vistorias e apreendeu 40 equipamentos sonoros até a manhã deste domingo (9). Entre os bairros que encontraram as irregularidades estão Arenoso, Cabula VI, Narandiba, Mata Escura, Arraial do Retiro e Alto do Coqueirinho.

O diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior, comemora o sucesso da operação. “Nós circulamos por toda a cidade e não nos furtamos dos grandes desafios. Essa ação só foi possível por causa da garra e determinação de nossos agentes. Estamos combatendo a poluição sonora e ajudando a salvar vidas”.

Informações: Correio 24h

OUTRAS NOTÍCIAS