Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Feira de Santana recebe doação de cinco respiradores para Hospital de Campanha

Feira de Santana recebe doação de cinco respiradores para Hospital de Campanha

O Centro das Indústrias de Feira de Santana e o SENAI CIMATEC doaram nesta quinta-feira (7), cinco respiradores, chamado de respirador “VIDA”, para o Hospital Municipal de Campanha de Feira de Santana.

O equipamento faz parte dos primeiros ventiladores pulmonares desenvolvidos pela NASA. Eles foram produzidos pela Russer, indústria de equipamentos médicos, depois de passar por adaptações no SENAI CIMATEC, em Salvador. As unidades dadas para Feira de Santana foram as primeiras entregues no Brasil.

O diretor executivo do SENAI CIMATEC, Luiz Fernando Taboada, contou que o desenvolvimento dos itens não foi uma tarefa fácil. “Foram meses de trabalho em um período muito difícil por causa da pandemia. A gente está entregando esses primeiros respiradores para a cidade de Feira de Santana e isso nos alegra bastante. Vemos que o nosso trabalho é importante e está salvando vidas”, disse Taboada.

Além dos respiradores, foram doadas 25 bolhas de contenção para evitar contaminação de outras pessoas dentro do ambiente hospitalar. O presidente do Centro das Indústrias de Feira, Augusto Fábio Soares, disse que o equipamento possui uma estrutura simples, de material acrílico transparente e estará à disposição da equipe médica para reduzir a quantidade de pacientes intubados e a possibilidade de contaminação. “Essas bolhas também foram produzidas pelo SENAI CIMATEC. Elas são utilizadas dentro do leito hospitalar. O doente fica dentro dela e ela faz com que não haja contaminação dos profissionais de saúde e também das outras pessoas”, explicou.

O prefeito Colbert Martins participou da entrega dos itens e afirmou que os equipamentos vão ser usados em outras unidades de saúde, depois da pandemia. “Eles vão salvar vidas, neste momento, da COVID-19 e depois continuarão salvando vidas nas áreas hospitalares de Feira, tanto no Hospital da Mulher, quando necessário, ou em outro hospital que a gente vai colocar para funcionar”, disse o prefeito.

OUTRAS NOTÍCIAS