Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Feira de Santana: Após multa por conta de show, empresário pede na internet oportunidade para conversar com prefeito de Feira

Feira de Santana: Após multa por conta de show, empresário pede na internet oportunidade para conversar com prefeito de Feira

Em uma live no Instagram, no início da madrugada desta terça-feira (15), o empresário Antônio Dyggs solicitou o apoio de seus seguidores com a hashtag #ColbertconversacomDyggs para chamar atenção do prefeito Colbert Martins Filho, para que eles tenham uma conversa sobre a realização de shows no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Ele é proprietário da empresa Nossa Entretenimento e Eventos Artísticos, que no dia 4 de outubro promoveu o show de Alok e Gustavo Lima, na cidade. O evento atraiu pessoas de mais de 40 cidades, movimentou o comércio no segmento de roupas, confecções e acessórios, e a rede de hotelaria, além de bares e restaurantes.

O show, porém, durou toda a madrugada, gerando uma multa de R$ 20 mil pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), devido ao descumprimento de uma cláusula contratual que estabelecia o final do evento para a meia-noite.

O empresário ressaltou “que é impossível finalizar um show” daquele porte antes da meia-noite. Disse que chegou a conversar com o secretário Edson Borges, que o orientou a conversar com o prefeito. Dyggs destacou na live que seu pedido para conversar com o prefeito não é somente por conta da multa, mas para propor algo que beneficie a comunidade, em troca de “um dia de incômodo com o show”.

“A briga não é pelos R$ 20 mil (…). O problema é que esse valor representa um retrocesso ao setor de entretenimento da cidade que está crescendo (…). Conversa comigo. Preciso que você me ouça por dez minutos para eu te mostrar o quanto o entretenimento é importante para a nossa cidade, o tanto de pessoas que são beneficiadas”, solicitou. 

Dyggs pontuou que o Joia da Princesa está em uma área residencial, mas que lá são realizados apenas três shows por ano em média. Ele acredita que se o prefeito autorizá-lo a conversar com os moradores ele poderá propor algo que beneficie a comunidade de forma duradoura em troca da realização dos eventos de forma esporádica.

Ele sugeriu ações como pintar ou trocar as carteiras quebradas de uma escola, ou arrecadar toneladas de alimentos.

Dyggs declarou também que seria mais fácil pagar os R$ 20 mil reais e se livrar da multa, mas voltou a afirmar que a cidade perde com a exclusão de eventos no estádio por conta de uma cláusula que proíbe que a festa se estenda após a meia-noite. “Vamos transformar esse incômodo de um dia em um benefício”, disse.

A postagem mais recente do prefeito Colbert Martins no Instagram estava repleta de comentários com a hashtag #ColbertconversacomDyggs. Colbert está em viagem internacional até a próxima quinta-feira.

Dyggs deixou a live salva e pediu que todos assistam ao vídeo na íntegra para que tenham a completa noção da proposta.

Fonte: Acorda Cidade

Imagens: instagram 

OUTRAS NOTÍCIAS