Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Falso médico é preso acusado de implantar palitos de pirulito em mulheres no lugar de contraceptivo

Falso médico é preso acusado de implantar palitos de pirulito em mulheres no lugar de contraceptivo

Acusado de implantar palitos de pirulito sob a pele de pacientes como método de contracepção, o falso ginecologista, Jose Daniel Lopez, 38, foi preso, na Venezuela. Segundo site Metro, pelo menos 25 mulheres foram vítimas do golpe de José Daniel e, algumas, até engravidaram.

Ainda conforme a publicação, o acusado foi descoberto após vítimas denunciaram o falso médico para a polícia quando descobriram os objetos estranhos que foram deixados dentro de seus corpos. Além disso, ele é acusado de falsificar seu diploma de médico para conseguir trabalho em centros de saúde em La Victoria e Maracay.

O homem teria se escondido da polícia em El Castano, na paróquia de Zuata. Contudo, foi localizado e deve ser acusado de diversos crimes, incluindo a prática ilegal de medicina, usurpação de funções médicas e uso de documentos falsos. Todas as mulheres que foram operadas em La Pastillita ou Clinica La Trinidad foram instadas a fazer exames médicos pelo médico Rafael Chirinos.

O contraceptivo subdérmico é um bastonete pequeno, parecido com o palito de um pirulito, que é inserido sob a pele do braço da mulher para atuar como contraceptivo. Ele é invisível e evita a gravidez por até três anos.

OUTRAS NOTÍCIAS